domingo, 16 de junho de 2013

«São-lhe perdoados os seus muitos pecados, 
porque muito amou»
[Lucas 7, 36-50]




«Esta celebração tem um nome muito belo: o Evangelho da Vida. Com esta Eucaristia, no Ano da Fé, queremos agradecer ao Senhor pelo dom da vida, em todas as suas manifestações, e ao mesmo tempo queremos anunciar o Evangelho da Vida». Assim começou a homilia o Papa Francisco neste domingo na Praça de São Pedro em Roma. [AQUI]
Desta celebração dois gestos interessantes do Papa Francisco.
Primeiro, utilizou novamente o “báculo do Papa Paulo VI”, pois na Adoração Eucarística do domingo 02 de Junho, em comunhão com toda a Igreja, tinha utilizado o “báculo de Bento XVI”. E porquê? Talvez só ele o saiba, mas a mim sensibilizou-me o gesto da Adoração Eucarística, pois o Papa emérito Bento XVI dedica-se agora à oração e, certamente muitas vezes diante da Eucaristia; e este gesto do Papa Francisco bem pode ter significado uma comunhão e união com ele, mesmo com o gesto exterior de utilizar na celebração o seu báculo.

Depois, a forma de envolver a assembleia – uma multidão – na homília, convidando todos a repetir depois dele «Deus é o Vivente, é o Misericordioso»

Realmente o Papa Francisco não pára de surpreender!... Graças a Deus para sempre e à Sua Mãe, Maria Santíssima.

Sem comentários:

Enviar um comentário