expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 27 de novembro de 2016

«VIGIAI … ESTAI VÓS TAMBÉM PREPARADOS»
[Mateus 24,37-44]


Iniciamos hoje o novo Ano Litúrgico com o Domingo I de Advento. Este ano, com o ciclo A das leituras – ANO A –, vamos ser ajudados na caminhada pelo Evangelho de São Mateus “um dos doze Apóstolos, identificado com Levi, cobrador de impostos”.
É importante começar bem para terminar bem e para que isso aconteça o desafio deste domingo e desta semana é VIGIAI.
Mas esta palavra é para quem?
Talvez possa acolhida e vivida por todos, pois ela é assim completada: ESTAI VÓS TAMBÉM PREPARADOS
Domingo feliz e boa preparação para o Natal



quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Jesus, lembra-Te de mim…
Hoje estarás comigo no paraíso»
[Lucas 23,35-43]


Neste dia da última semana do Ano litúrgico a peregrinação leva-nos à Cova da Iria para ajudar na recitação do rosário. Assim nos unimos ao Papa Francisco que também deseja ser peregrino da Senhora da Fátima e por ele rezamos:


“Rezemos pelas intenções recomendadas a este Santuário e pelo Papa Francisco que no Encerramento do Ano da Misericórdia, disse: “Eu quero ir a Fátima ver a Senhora [la Madonna]” e  na entrevista à TV2000: «A oração é uma ajuda para mim, é estar com o Senhor... rezo o Rosário...» e tantas vezes repete: «e, por favor, não se esqueçam de rezar por mim»” [AQUI]

Também assim concretizamos o programa da semana que nos convida a rezar: «Jesus, lembra-Te de mim…»


domingo, 20 de novembro de 2016

«Jesus, lembra-Te de mim…
Hoje estarás comigo no paraíso»
[Lucas 23,35-43]


Hoje é último dia do Ano Jubilar da Misericórdia com o Encerramento da Porta Santa da Basílica de São Pedro em Roma, pelo Papa Francisco que concelebra com os novos cardeais da Igreja Católica.
Termina o Ano da Misericórdia mas as nossas vidas são desafiadas a continuar a ser “Misericordiosos como o Pai” vivendo as Obras de Misericórdia, de modo especial “suportar com paciência as fraquezas do próximo” e “ensinar os ignorantes e corrigir os que erram”



A digna celebração neste dia 20 de novembro do Dia Mundial dos Direitos da Infância e da Adolescência leva-nos a ter os mesmos sentimentos de Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, que veio para servir e não para ser servido.
Um domingo feliz pedindo como o bom ladrão:
“Jesus, lembra-Te de mim…”