domingo, 18 de agosto de 2013

«Eu vim trazer o fogo à terra e que quero Eu senão que ele se acenda?» [Lucas 12,49-53]


Em tempo de grandes incêndios que tudo devoram e deixam um rasto de terror, de dor e de terra queimada, como acolher, entender e viver esta Palavra de Jesus?
Trata-se aqui de outro fogo, do «fogo da graça de Deus» que onde é acolhido «queima tudo o que deve cair e deixa de pé somente a verdade»
É, por isso, que Jesus manifesta desejo que ele se acenda no coração de todos, pois sabe que o seu alastrar na vida de quem o acolhe, transforma o ser e o agir de quem o recebe.
Um domingo feliz fitando «o olhar em Jesus, Guia da nossa fé»

A folha Interparoquial nº 77 - AQUI - 

Sem comentários:

Enviar um comentário