quarta-feira, 13 de março de 2013


«Fazer festa e alegrar-nos»
                             [Lucas 15, 1-3.11-32]



    O desejo ansioso de «fazer festa» fez que alguns nesta manhã aos primeiros sinais do fumo saído da chaminé da Capela Sistina, mais cedo do que se esperava, tivessem tido a impressão de ser “fumo branco”; mas logo se confirmou ser ainda “fumo negro”. É por isso necessário continuar a esperar e a REZAR
     Enquanto esperamos a unidade dos votantes que vai possibilitar o anúncio, à Igreja e ao mundo, da chegada do futuro Papa e em tempos ainda invernosos, faz bem contemplar a beleza deste pequeno arbusto, de que não sei o nome científico, mas que desde pequeno ouvi chamar “quaresmas”.
     À espero da alegria do “fumo branco”, alegremo-nos com harmonia que a natureza já anuncia e comunica.
     Um dia feliz de espera[ança]

Sem comentários:

Enviar um comentário