expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

terça-feira, 15 de janeiro de 2013


«Tu és o meu Filho muito amado…»
                                  [Lucas 3, 15-16.21-22]
«Passou fazendo o bem»
                                            [Actos 10, 34-38] 


    Em plena celebração do Ano da Fé, a Festa do Baptismo do Senhor teve estes dois momentos especialmente significativos.
    Numa das celebrações nestas comunidades, o aniversário de Baptismo de uma das crianças que no ano de 2012 receberam Jesus Eucaristia pela primeira vez; para além da referência ao Baptismo, também se colocou em evidência a presença de Jesus na hóstia e no vinho consagrados, ficando a vela acesa durante toda a Oração Eucarística.
    Noutra comunidade e por ocasião de um funeral, uma das filhas teve na mão «o círio familiar do Ano da Fé» enquanto se fez a Profissão de Fé, com uma referência especial à parte final do Credo, quando se reza «espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há-de vir». Esta mesma vela tinha estado acesa quando há dias no Lar onde se encontrava, a família se reuniu com o pároco para a celebração do Sacramento da Unção dos Doentes. Foram assim vividos, em ambiente de fé, dois momentos da vida: primeiro na ocasião da saúde mais debilitada e agora no mento da partida para a casa do Pai.
    Cada baptizado é um «filho muito amado de Deus» e um candidato a viver como Jesus que «passou fazendo o bem»





Sem comentários:

Enviar um comentário