expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

sábado, 8 de dezembro de 2012


«VIGIAI E ORAI EM TODO O TEMPO»
[Lucas 21, 25-28.34-36]


No dia da Solenidade da Imaculada Conceição da Virgem Santa Maria, Padroeira de Portugal, foi festa nesta comunidade. Três meninas receberam Jesus Eucaristia pela primeira vez.
Foi um acontecimento feliz para elas e seus familiares e também para toda a comunidade. O “círio familiar” do Ano da Fé, depois de aceso, também lhes foi entregue no início da Oração Eucarística e mantiveram-no aceso nas suas mãos até ao Amén final. Assim acompanharam toda a Oração Eucarística com a qual se fez a consagração do pão e do vinho por elas trazido ao altar que, pela invocação do Espírito Santo e com as palavras de Jesus, se transformaram no Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.
Entretanto, a luz tinha sido também utilizada no dia da celebração da primeira Confissão. Depois de terem celebrado este sacramento deslocaram-se em procissão à Fonte Baptismal e aí com a vela do seu Baptismo acesa no Círio Pascal, depois de terem feito sobre si o sinal da cruz com água benta, cantaram a alegria do perdão recebido: “O reino chegou, o reino chegou ao meu coração Estou perdoada, estou perdoada, tenho a Sua paz. Cantai o Senhor é bom, cantai o Senhor é bom nas trevas brilhou Sua luz Cantai o Senhor é bom, cantai o senhor é bom a vida nos deu em Jesus”.
Esteve um lindo dia de sol … mas o sol mais lindo foi a Eucaristia recebida em comunhão. Na verdade, é assim que por vezes se canta nesta e em tantas comunidades:

“Bendita, bendita seja
A divina Eucaristia
Que ilumina a Santa Igreja
Como o sol de cada dia”

Sem comentários:

Enviar um comentário