quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Uma boa acção – Avivar a memória


       Ontem foi feriado municipal numa das paróquias; participando nas comemorações municipais, na sede do concelho, tive oportunidade de avivar duplamente a memória, primeiro revendo a casa que no início dos anos sessenta me acolheu para os primeiros passos da caminhada vocacional em ordem ao sacerdócio e depois, entrando na igreja paroquial onde fiz a promessa como escuteiro, tornei presente o programa de uma boa acção que estamos a viver nesta semana.
        Na verdade, sendo feriado nem dei por ele, pois as actividades que foi necessário realizar foram-se sucedendo até horas que não possibilitaram esta publicação no dia de ontem…
É caso para concluir que para a realização de uma boa acção não pode haver feriado.
        Um dia feliz!

Sem comentários:

Enviar um comentário