domingo, 6 de novembro de 2011

Semana dos Seminários

Formar pastores
 consagrados totalmente
a Deus e ao seu Povo

Neste primeiro dia da Semana dos Seminários 2011, que vai de 06 a 13 Novembro, celebramos o domingo que com a Palavra da Liturgia chama a viver com sabedoria e prudência. Como ajuda, temos neste dia o exemplo e o testemunho do português São Nuno de Santa Maria, falecido no domingo da Ressurreição, em 01-04-1431 e canonizado em 26-04-2009. Ele como religioso e outros como pastores consagrados totalmente a Deus e ao seu Povo; é assim que se faz da igreja um jardim bonito mas composto com plantas de várias côres e espécies.
As "propostas de reflexão" para esta Semana sublinham que o sacerdócio deve ser vivido "não como privilégio, nem como conquista nem como motivo de glória nem como anelo de triunfo ou êxito, nem sequer no terreno da santidade".
O padre, "enquanto homem de comunhão, privilegiará sempre o diálogo", indica o caderno de 90 páginas elaborado pelos seminários das dioceses de Évora e Algarve, acrescentando que o presbítero é chamado a cultivar "a capacidade de colaborar etrabalhar em equipa".
O tema da edição de 2011 da Semana dos Seminários, "Formar pastores consagrados totalmente a Deus e ao seu povo", baseia-se na homilia da missa que Bento XVI celebrou a 19 de agosto, durante a Jornada Mundial da Juventude realizada em Madrid.
Além desta intervenção do Papa dirigida aos seminaristas presentes na capital espanhola, o guião inclui a mensagem de D. António Francisco dos Santos, bispo de Aveiro e presidente da Comissão Episcopal Vocações e Ministérios, responsável pela organização da Semana dos Seminários.
O livro apresenta sugestões de catequeses para a infância, adolescência, juventude e idade adulta, com textos, cânticos e dramatizações, apontando-se neste capítulo alguns indícios reveladores da inclinação para o sacerdócio, como quando a missa ou a oração "começa a ser uma necessidade quotidiana".
Os "sinais" de vocação detectam-se também quando o trabalho feito na paróquia ou movimento começa a "'roubar o coração" e a pessoa passa grande parte do tempo nessa atividade, quando a figura de um padre suscita o projeto de consagrar a vida à semelhança da dele ou quando se deseja uma "felicidade que o mundo não pode dar".
O caderno compreende uma vigília de oração, textos para as missas que ocorrem durante a Semana dos Seminários, um itinerário espiritual baseado numa leitura bíblica alusiva ao tema deste ano, bem como meditações para os mistérios do Terço.
A Comissão Episcopal também organizou o 8.º Fórum Nacional das Vocações, que decorreu na última sexta-feira e sábado em Fátima, sob o tema "A Pastoral Vocacional em tempos difíceis e aliciantes".
O comunicado final do encontro enviado à Agência ECCLESIA aponta para a "necessidade de propostas de qualidade, exigentes e sérias, através de testemunhos convincentes, ação coerente e formação adequada".
Os testemunhos escutados no encontro sublinharam três vectores: a "experiência de sentir-se desejado por Deus", a "vivência de experiências religiosas marcantes", e a "direcção espiritual", onde os a acção dos "mediadores" foi decisiva em "momentos - chave" do percurso vocacional.
D. António Francisco dos Santos "relembrou que os tempos não são de optimismos fáceis, mas de esperança firme e confiança confirmada", em que todos os católicos são convocados para o "incessante e constantemente recomeçado de chamar".
  
O  Reitor do Seminário Diocesano de Portalegre-Castelo Branco - Padre Emanuel Matos Silva - Deixou-nos a sua mensagem para a Semana dos Seminários:

                           TOMAI, SENHOR, A MINHA VIDA

- O retorno dos dons recebidos -

Para ler - Aqui - 

Carrega aqui para fazer download dos materiais de apoio.

Sem comentários:

Enviar um comentário