expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

domingo, 12 de fevereiro de 2017

«SIM, SIM; NÃO, NÃO»                [Mateus 5, 17-37]
Esta palavra do Evangelho de hoje, termina o relato de uma série de situações que o evangelista Mateus relata para apresentar a posição de Jesus diante do que foi dito «aos antigos» e apresentar a posição de Jesus diante de situações concretas da vida do dia a dia: «A vossa linguagem deve ser: ’Sim, Sim; Não, Não’. O que se passa disto vem do Maligno».
    Já dizia Saint Exupéry que a linguagem é uma fonte de mal entendidos; mas aqui a palavra de Jesus é clara…
    Entretanto, hoje, para além destas duas palavras, usa-se tantas vezes uma outra que não sendo propriamente dita é muitas vezes significada com a atitude que se toma diante das situações da vida: «Nim». Por agora ela é só uma palavra que marca uma atitude de vida e esperemos que ela nunca seja uma palavra a introduzir no dicionário.

  Esta é a nossa esperança que para ser verdadeira, tem de ser construída, como refere o Papa Francisco: «A esperança, para se alimentar, precisa dum «corpo», no qual os vários membros se apoiem e animem mutuamente».
      Vamos viver como o Papa Francisco desafiava os peregrinos de língua portuguesa: «Fazei como Maria: dai a Deus livre trânsito na vossa vida»




      

      Um domingo feliz

Sem comentários:

Enviar um comentário