expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Polónia: Papa celebra Missa no Santuário de Czestochowa


Dezenas de milhares de pessoas reunidas desde as primeiras horas da manhã para receber Francisco

Czestochowa, Polónia, 28 jul 2016 (Ecclesia) – O Papa preside hoje à Missa no Santuário de ‘Jasna Gora’, em Czestochowa, assinalando o 1050.º aniversário do Batismo da Polónia, perante dezenas de milhares de pessoas.
Francisco deixou Cracóvia, onde vai regressar esta tarde para a cerimónia de boas-vindas dos jovens da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), tendo visitado de forma privada o cardeal Franciszek Macharski, de 89 anos, gravemente doente.
O Papa passou ainda pelo convento da Congregação das Irmãs da Apresentação da Bem-aventurada Virgem Maria, onde se encontrou com 30 religiosas e algumas estudantes das escolas que dirigem.
“Agradecido pelo vosso precioso serviço, abençoo-vos e encorajo na vossa missão educativa: cultivar com amor as sementes de bondade, beleza e verdade que Deus semeia nas novas gerações”, escreveu, no livro de honra da instituição.
Milhares de pessoas esperaram pela chegada de Francisco a Czestochowa desde as primeiras horas da manhã, para uma celebração que contou com a presença do presidente polaco, Andrzej Duda, autoridades políticas, civis e religiosas.
Este é o santuário mais visitado em toda a Polónia.
O Papa entrou no mosteiro de Jasna Gora depois de ter saudado, desde o papamóvel, os fiéis que se reuniram ao longo das estradas.
No interior da capela da ‘Virgem Negra’, Francisco ouviu uma saudação do responsável da Ordem de São Paulo Eremita, padre Arnold Chrapkowski, antes de rezar em silêncio diante da imagem, junto da qual depositou uma Rosa de Ouro - uma oferta tradicional dos Papas a santuário marianos.
O Papa recebeu como presente dos padres paulistas, responsáveis pelo santuário, uma réplica do ícone de Nossa Senhora de Czestochowa.
OC
Fonte - Ecclesia - 

Sem comentários:

Enviar um comentário