sábado, 6 de fevereiro de 2016

Dia Diocesano do Acólito
«AQUI ESTOU, ENVIA-ME» (Is 6,8)
NO ANO JUBILAR DA MISERICÓRDIA



O Dia Diocesano do Acólito com o tema «AQUI ESTOU, ENVIA-ME» (Is 6,8) NO ANO JUBILAR DA MISERICÓRDIA foi este ano celebrado, no dia 06 fevereiro 2016, em Portalegre, Arciprestado da Visita Pastoral do Senhor Bispo.
Presentes quase centena e meia de crianças, incluindo alguns bébés, adolescentes e jovens, vindos dos cinco Arciprestados da Diocese: Abrantes (11), Castelo Branco (30), Ponte de Sôr (6), Portalegre (21) e Sertã (47), acompanhados pelos seus animadores e alguns párocos.
Pelas 9h00 já estavam os primeiros com o ministério do acolhimento; depois, pouco a pouco, foram chegando os restantes de carro, carrinha e pequenos autocarros com os acólitos e seus animadores que foram compondo o espaço do Auditório da ESE (Escola Superior de Educação) em Portalegre, onde decorreram os trabalhos da parte da manhã e início da tarde.
Na animação musical colaboraram os acólitos do Carvoeiro e a oração Inicial foi presidida pelo pároco de Gavião e dois dos seus acólitos.
Seguiu-se a formação, orientada pelos Cónegos Bonifácio e Assunção, ajudados por adequados pps e vídeos sobre a catequese do Papa Francisco, na Praça de São Pedro em Roma, na Peregrinação Internacional de Acólitos, no passado dia 04 agosto 2015, com o tema «Aqui estou, envia-me» (Is 6,8) e outros com base em temática vocacional.
O almoço partilhado, com sopa oferecida pela comunidade de Portalegre, proporcionou um momento de alegre partilha e de grande convivência.
A tarde, iniciou-se com pps sobre o Ano Jubilar da Misericórdia a preparar a “peregrinação” procissão para a celebração da Eucaristia na Igreja Jubilar, entrando pela Porta Santa da Sé Catedral de Portalegre, uma das três igrejas jubilares da Diocese. Na homilia o Senhor Bispo D. Antonino colocou em evidência a sintonia da temática das leituras com o tema do dia, dizendo que “Isaías foi chamado para a missão”, que Paulo declarou “apareceu-me também a mim” e que é Jesus que toma a iniciativa do chamamento e diz “Faz-te ao largo e lançai as redes”, para concluir “obrigado pela vossa presença e pelo vosso serviço para alegria das comunidades”.
No final da celebração foi distribuído um postal oferecido pela paróquia com a Oração do Ano Santo da Misericórdia, rezada por todos antes da bênção.
Feitos os agradecimentos pelo Secretariado à ESE (Escola Superior de Educação) e aos Párocos e às pessoas da comunidade que com eles colaboraram na preparação deste Dia e ao Secretariado de Liturgia pelo Bispo Diocesano que acrescentou “agora vamos tirar as túnicas na sacristia e nos claustros da Sé para deixar este espaço litúrgico em ambiente de oração. É este ambiente que deverá proporcionar-se sempre em todas as paróquias”.
A despedida decorreu sem chuva. Mas esta apareceu, já na viagem, como se viesse confirmar a “chuva de graças” para quem marcou presença e participou na experiência deste dia.
                                                    SDLpcb                                           



Sem comentários:

Enviar um comentário